Game of Thrones no Emmy 2013

Capa

No próximo dia 18 de julho saem as indicações ao Emmy Awards 2013, prestigiado prêmio dado ao que de melhor foi feito na televisão americana durante o ano. As melhores séries devem estar presentes em peso, como as veteranas Breaking Bad, Homeland e Mad Men, e as novatas e candidatas a surpresa The Americans e Orphan Black.

Emmy

As categorias de atuação, que premiam o trabalho árduo de caracterização e personalização dos personagens são umas das atrações mais esperadas e concorridas da noite de premiação. Neste pequeno texto, vou tentar analisar as chances e méritos do elenco de Game of Thrones, minha série preferida na atualidade. Vou focar naqueles atores que acho que teriam uma possibilidade de receberem o prêmio ou ainda naqueles que, apesar de não terem sido induzidos pela HBO (transmissora oficial da série), acredito que poderiam levar o troféu para casa.

Elenco

É necessário ressaltar que nessa 3ª temporada fomos presenteados com atuações de altíssimo nível do elenco de Game of Thrones. Talvez seja a temporada, quando falamos em relação ao elenco e a sua atuação, que me chamou mais atenção. Abre-se uma exceção a 1ª temporada, na qual nos foi apresentado o incrível Peter Dinklage como o irascível anão Tyrion Lannister, e também a sólida atuação de Sean Bean como Eddard “Ned” Stark. Mas com uma quantidade maior de núcleos presentes na atual temporada, acho até natural que mais atores e atrizes se destacassem. Bem, vamos lá que eu já enrolei demais…

Peter Dinklage

O primeiro da minha lista (e acho que sempre estará) é o anão mais querido da atualidade. Esse senhor nos entregou mais uma boa atuação, mas acho que esteve abaixo das duas primeiras temporadas. Achei isso até algo positivo, porque nas temporadas anteriores esse ator atingiu um nível de excelência tão grande que acabou por ofuscar alguns dos colegas. Assim, nessa temporada foi aberto um espaço pra que possamos enxergar como são ótimos outros atores do cast da série.

Tyrion-Lannister

Em relação as chances de premiação, Peter Dinklage muito provavelmente vai ser indicado mais uma vez para ator coadjuvante. Bem, não sei se isso é bom ou ruim, pois ao mesmo tempo que premia uma boa atuação da minha querida série, não dá espaço para que premie atores e atrizes que tiveram atuações fantásticas nesse ano. Falo isso porque é bem provável que a academia não indique mais de um ator ou atriz de Game of Thrones. Convenhamos que a disputa é acirradíssima com Breaking Bad, Homeland e Mad Men. Mas se Peter Dinklage for indicado, não será nada de injusto, pois ele nos entregou outra ótima atuação.

Jack Gleeson

Tenho uma posição bem definida sobre a atuação desse jovem: quando um personagem consegue despertar em quem o está sentido qualquer tipo de sentimento, como alegria, pena, remorso, medo, raiva, etc, você percebe o ótimo trabalho de um ator. E é exatamente isso que esse garoto nos está oferecendo: uma atuação fantástica, que desperta no espectador um enorme desejo de vingança, uma vontade de, a cada vez que o Rei Joffrey Baratheon aparece em cena, que algo aconteça e ele seja assassinado naquele momento (apesar de saber que isso não vai acontecer, por ter lido os livros). Nossa, acho que nunca torci tanto contra um personagem…Méritos para o Jack!

Joffrey-Baratheon

Infelizmente, ele tem poucas chances, pois não foi incluído na lista de admissões da HBO para a premiação. Dá até pra entender: ele é jovem, terá outras chances pela série ou por outras séries. Com certeza a grande atuação demarcou terreno na carreira desse cara. O que não dá pra entender é quem escolhe as admissões na HBO, que costuma acertar em quase tudo. E minha reclamação nem é muito pelo Jack Gleeson, mas é pelo próximo da minha lista…

Charles Dance

O Melhor da temporada! Esteve memorável em todos os momentos que apareceu, dando ao personagem tudo que imaginamos dele quando lemos os livros: um líder nato, grande chefe de família e grande estrategista. Um homem sem medo, sem receios, que parece sempre saber o que está fazendo e acontecendo. Atuação monstruosa! Depois do Casamento Vermelho, Tywin Lannister foi o que de melhor tivemos na temporada!!

Tywin-Lannister

Assim como Jack Gleeson, suas chances são mínimas, pois ele também (!!!) não foi incluído pela HBO nas admissões para os prêmios de atuação. Um pecado, um pecado…

Acho que nessa temporada não haveria alguém que merecesse mais. Ou haveria?

Nicolaj Coster-Waldau

Bem, estou pelo menos consolado que o melhor espadachim do reino está na lista da HBO. Esse dinamarquês de 34 anos nos presenteou com a sua melhor atuação até hoje na série. A cena da decapitação da sua mão de espada (ah, não me venham falar de spoiler porque já tem mais de um mês que terminou a temporada!) é uma das mais fortes do ano. A expressão do mesmo depois do acontecido, no final de um dos melhores episódios da temporada é algo fantástico. Conseguir transformar um personagem odiado pela maioria em alguém digno de pena não é para qualquer um. E Nicolaj conseguiu exatamente isso, com a personificação do galante, narcisista e (agora sabemos) humano regicida Jaime Lannister. É, acho que está se estabelecendo um padrão por aqui, só dá Lannister! Mas o que dizer, né, essa casa é f#$@!!

Jaime-Lannister

As chances do nosso regicida no Emmy vai depender muito do “paladar” da Academia em relação a Game of Thrones: se o gosto que ficou para esse senhores foi de uma série gostosa de assistir, com atuações esplendorosas, TALVEZ tenhamos Peter Dinklage e Nicolaj Coster-Waldau indicados para melhor ator coadjuvante. Mas se esses senhores não se empolgaram muito com a temporada como eu me empolguei, um dos dois deve dançar. E não talvez o regicida seja derrotado pelo irmão mais novo nessa, por ainda não ter sido indicado. Bem, vamos torcer para a primeira situação aconteça, né?

Diana Rigg

Nessa temporada, achei apenas regular a atuação do elenco feminino de Game of Thrones. Do cast regular, não achei nenhum atuação digna de fazer nota nesse texto, nem mesmo da Emilia Clarke ou da Maisie Williams (polêmica!!!). Mas uma participação especial abrilhantou a temporada: a lady Diana Rigg. Veteraníssima britânica, atriz de várias séries nas décadas de 60, 70 e 80, ex-bond girl, essa senhora deu um banho de interpretação nas outras atrizes com uma personificação visceral da Rainha dos Espinhos, Olenna Tyrell. Roubou a cena em vários momentos. Gostaria de destacar duas cenas: sua primeira cena na série, quando se encontra com Sansa Stark, e o diálogo feito com Twyin Lannister, talvez o melhor diálogo da série. O sarcasmo, a doçura e o veneno misturados na personalidade, a presença intimidadora, tudo foi muito bem construído por Diana. Atuação brilhante!

Olenna-Tyrell

 Acho que ela tem grandes chances até mesmo de vencer o Emmy, pois foi submetida em uma categoria em que a Academia gosta de prestar homenagens, que é a de atriz convidada. E que melhor homenagem do que premiar uma grande atuação de uma veteraníssima e adorada atriz? O momento e a situação perfeita para isso estão se juntando. E eu estou na torcida, porque foi uma atuação realmente merecedora de um prêmio.

Bem, é isso. Essa grande terceira temporada nos presentou ainda com outras boas atuações: Liam Cuningham, Carice Von Houten, Aiden Gillen, Alfie Allen, Conleth Hill, Iwan Rheon…todos representando muito bem os personagens que amamos ou odiamos dos livros. Esperamos que o nível possa melhorar ainda mais para a próxima temporada. Agora é esperar 2014, com nova temporada e (se Deus quiser) novo livro. Valar Morghulis!

Elenco-2

Gostou? Não? Comenta então!!

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone