Resenha: “Diversoficando”, o novo disco do rapper Rael

baixar-rael-diversoficando-ep

Em novembro, em um bate-papo com os fãs no facebook, o Rapper Rael (ex-daRima), tinha anunciado o lançamento de seu novo álbum chamado “Diversoficando”. O lançamento foi inusitado e muito criativo, liberando uma música por dia o rapper literalmente colocou a mão na massa. Rael cimentou em alguns pontos da cidade, saídas para fones de ouvidos nas paredes. Ou seja, em plena rua em São Paulo você poderia conectar seu fone em um muro e escutar uma das músicas novas. Genial, uma verdadeira intervenção artística.

A intervenção foi feita com uma bateria de celular, cartão de memória e outros itens instalados dentro de uma caixa impressa por uma impressora 3D.

10522747_744957572256324_7884751392948194738_nOs protótipos foram instalados na parede da Rua Major Maragliano, altura do número 421, na Vila Mariana. As outras caixas estão disponíveis na Avenida Cruzeiro do Sul, 3545, em Santana, além da Rua da Consolação, 1031.

O novo álbum trás a cara que já conhecemos de Rael; a mistura de rap com MPB, Samba e Reggae. Quem esperava grandes inovações não as encontrará, o que não quer dizer que seja ruim, pelo contrário, Rael manteve uma receita que o tem feito produzir ótimas músicas desde os tempos em que cantava no grupo Pentágono. O que percebemos claramente é uma evolução do rapper dentro do seu próprio estilo. O álbum tem mais swing, mais rap, mais melodia, mais musicalidade.

É um álbum que não decepcionou. Rael é inovação pura, mesmo quando não propõe-se claramente a isso. “Ainda bem que segui as batidas do meu coração”, estampava seu último álbum de 2013 e, podemos bradar juntamente agora: Ainda bem!

Diversoficando trás a seguinte playlist:

1 – O Hip Hop é Foda (Parte 2) (Part. Marechal, Emicida, KL Jay, Fernandinho Beat Box)

2 – Ser Feliz

3 – Pré-conceito

4 – Envolvidão

5 – Hoje é Dia de Ver

Todas as músicas são ótimas, mas meu destaque pessoal vai para as faixas “O Hip Hop é foda parte 2”, “Ser Feliz” e “Envolvidão”.

O Hip Hop é Foda (Parte 2) (Part. Marechal, Emicida, KL Jay, Fernandinho Beat Box) 

O Hip Hop é Foda já era foda em sua primeira versão, no entanto, nessa segunda produção Rael se superou. Com a participação de Marechal, Emicida, Kl Jay (Racionais MC’s) e Fernandinho Beat Box, a música além de manter a ótima sonoridade da primeira parte, recheou-se de referências ao que tem de melhor no Rap Nacional, com direito a homenagens a ícones do rap brasileiro que já partiram, como por exemplo, Jair Rodrigues (considerado o primeiro rapper do Brasil) e a saudosa Dina Di do “Visão de Rua”, falecida em 2010. Sem falar que Marechal e Emicida rimando em uma mesma música são sempre algo muito bom de ouvir.

Ser Feliz

Quem escutar só a introdução dessa música sem saber de quem é jamais imaginará que trata-se de um rap. É puramente MPB. Possui uma letra que trata de mudanças e da luta por uma vida melhor, deixando ainda uma crítica ao consumismo, é um rap com uma ótima sonoridade envolvida em uma batida de reggae que é bem característica das músicas do Rael.

Envolvidão

Essa faixa, que inclusive já ganhou um clipe muito bem produzido com participação da atriz Valeska Reis, é a que gostei mais. Ela é um Rap com MPB, e possui um sample (um leve toque) do Rap dos anos 90 revezando entre os compassos. Sem falar do refrão recheado de Samba. Simplesmente muito bom. Confira abaixo o clipe:

Minha única crítica é que são poucas músicas, queria mais.

 E você o que achou? Curta, comente, critique, compartilhe.

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone