Dica de leitura: A Trilogia do Mago Negro de Trudi Canavan

mago negro editado

Nas favelas de Irmadin capital do reino de Kyralia, uma menina cresce em meio à segregação; é Sonea, criada pelos tios e envolvida com uma gangue juvenil.

Como em todo lugar onde há opressão, alguém precisa receber todo esse ódio e na periferia da grande cidade é ao Clã dos Magos que esse sentimento é direcionado.

O primeiro livro começa em meio a Purificação, que nada mais é que a expulsão dos mais pobres das regiões mais ricas, os magos envolvidos por seus poderes são surpreendidos por um ataque até então nunca ocorrido. É a partir desse momento que a história se desenvolve.

Optei por falar de toda a trilogia, porque abordando os livros de forma individual faria aparecer alguns spoilers o que torna essa resenha pequena.

Apesar de ser considerada “Literatura Juvenil” a obra soa bem para adultos por ser uma fantasia madura e por tratar de temas polêmicos.

A história gira em torno de tramas políticas, bullying e poder. Fazendo ainda uma abordagem sobre a homossexualidade. Na universidade dos magos encontramos todos os tipos de problemas que aludem à realidade, conseguindo fugir um pouco do senso de “Harry Potter” o que é um ponto positivo. (Nada contra Harry Potter, mas livros sobre escolas de magia sempre acabam parecendo um pouco com a obra de J.K Rowling).

Achei o primeiro livro “O Clã dos Magos” arrastado e com pouco desenvolvimento dos personagens. Já os outros dois “A Aprendiz” e “O Lorde Supremo” são muito melhores, com destaque para o último que é ótimo.

É uma leitura que recomendo para quem gosta de fantasia com bastante magia, pois os que preferem obras mais realistas talvez não se agradem tanto.

Eu particularmente gostei. Em uma escala de 0 a 10 avaliaria com 7.

Fica mais essa dica de leitura.

images (1)Trudi Canavan nasceu em Kew, em Melbourne, Austrália e cresceu no subúrbio de Ferntree Gully.Após decidir se tornar uma artista profissional ela conquistou sua Certificação avançada em Design Promocional na Melbourne College of Decoration, onde ela receibeu o prêmio por “Highest Aggregate Mark in Art Subjects” em 1988. é conhecida principalmente pela suas trilogias mais vendidas “A trilogia do Mago Negro” e “A idade dos Cinco”. Enquanto se estabelecia como escritora, trabalhava como Designer gráfico. Completou sua terceira trilogia, A trilogia do Espião Traidor em agosto de 2012 com o livro The Traitor Queen, ainda sem título no Brasil.

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone