O Lobo de Wall Street

The-Wolf-of-Wall-Street-Trailer-Wallpaper-poster

Scorsese filma o rei do camarote e agrega ainda mais valor a sua rica filmografia.

Martin Scorsese continua surpreendendo. Com 71 anos, esse sobrancelhudo parece estar sempre no auge de sua carreira, mesmo quando ele comete algum deslize, como foi o caso de seu último trabalho, Ilha do medo, está acima da maioria dos diretores atuais. Seu retrato nervoso e frenético do mundo business,  que os Estados Unidos consolidaram como regra mundial, é simplesmente genial.

Leonardo DiCaprio é Jordan Belfort, um promissor corretor de ações em bolsa de valares que se torna milionário antes dos 30 anos, aliando excelentes técnicas de convencimento e persuasão com uma ganância desenfreada que alimentavam os estadunidenses nos 80 e 90. Esse viciado em qualquer tipo de droga e sexo, estava no topo de uma empresa especializada em comercializar pequenas ações com boas doses de picaretagem, fazendo de sua empresa o sonho de todo jovem em busca de milhões.

O dinheiro que Scorsese filma em nenhum momento é de fato glamoroso e nem de longe essa obra grandiosa soa apologética como alguns insinuaram.  O lobo de Wall Street é uma critica ácida e poderosa contra o sonho desenfreado pela riqueza. O roteiro de Terence Winter baseado no livro do próprio Jordan, prende durante quase 3 horas e o elenco é simplesmente sensacional. DiCaprio está soberbo e ainda não ganhou um Oscar porque esse prêmio não é serio. Jonah Hill (quem diria!) tem aqui o melhor papel de sua carreira. A desconhecida Margot Robbie, que faz a esposa de Belfort, além de linda é convincente e  Matthew McConaughey tem pouco mais de 10 minutos de participação no filme, tempo suficiente para fazer chover, aliás McConaughey é o ator que mais se reinventou nos últimos anos. O filme funciona para fechar a trilogia sobre Wall Street, iniciada por Oliver Stone em 1987 com Wall Street- poder e cobiça e continuada em 2010 com Wall Street- o dinheiro nunca dorme, inclusive o roteiro de Terrence  faz uma referência ao personagem Gordon Gekko interpretado por Michael Douglas no filme de Stone. O lobo de Wall Street é belo, furioso, sarcástico e sexual. Mais uma obra prima na vida do homem das sobrancelhas grossas, vida longa ao mestre Scorsese.

O-Lobo-de-Wall-Street-20-650x400

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone