Jogos Vorazes: A esperança parte 1, vai muito além da adolescência.

New-The-Hunger-Games-Mockingjay-Part-1-Teaser-Trailer-620x3301

Existiu uma momento na história do cinema que filmes voltados para o público adolescentes eram bacanas. Os Goonies, Meu primeiro amor, Os garotos perdidos e Conta comigo são ótimos exemplos. O tempo passou, a vida mudou e surgiu a Saga Crepúsculo, pronto, o cinema adolescente nunca mais prestou. O sucesso de bilheteria dos filmes dos vampiros e lobos, e a fama literária fizeram surgir mais livros e consequentemente mais filmes. Divergente, 16 luas , Cidade dos ossos e The Maze runner são péssimos exemplos dessa nova adolescência. Eis que surgiu anos atrás o ponto fora da curva, a exceção a regra chamada Jogos Vorazes. A cada filme a franquia se mostra além da adolescência e se firma como uma das mais interessantes sagas do cinema.

Estamos na terceira e penúltima parte, Katniss está de volta ao 13º Distrito e surge como a força que pode iniciar uma revolução em Panem. Mesmo sem querer e sem perceber a protagonista se torna peça chave de um jogo de interesses baseado na propaganda com o objetivo de unir todos os distritos contra a Capital. Katniss foi usada pela Capital para legitimar e engrandecer os jogos, agora, ela é fundamental na propaganda pró rebelde, tudo arquitetado minuciosamente por Plutarch e liderado pela presidente Alma Coin.

Sem pressa o filme constrói o caminho necessário para a épica conclusão da saga e fundamenta seu roteiro nas revoluções que explodem de tempos em tempos mundo a fora. Jogos Vorazes: A esperança parte 1, deixa de lado a luta gladiatória dos dois primeiros e se firma na revolução. Aqui deixa de ser apenas um filme adolescente e se torna interessante e reflexivo. Vemos como a mídia tem papel fundamental nas participações politicas, como a vida perde a liberdade em nome de uma suposta segurança e ordem. De um lado Katniss é usada por um grupo e do outro a Capital usa Peeta, Jogos Vorazes caminha seguro e promete um final pra lá de interessante. O grande destaque desta terceira parte é a força do elenco, tanto Jennifer Lawrence como a protagonista quanto a precisão dos coadjuvantes. Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Woody Harrelson, Liam Hemsworth e Donald Sutherland seguram tudo muito bem. Aguardemos pelo final, que tem tudo para fazer justiça a saga.

Confira o trailer oficial:  A Esperança – Parte 1

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone