E o Zack Snyder não entendeu Batman V Superman

102597285-Batman-vs-Superman.530x298

Depois de anos de espera, muito Hype, muita reclamação, muito trailer, muito mimimi e muito “pera lá”, estréia Batman V Superman. E se você conhece os personagens, conhece a história deles e a origem, você provavelmente não vai gostar do filme.

O filme começa bem, com uma sequência muito maneira de como os acontecimentos do filme do Superman atingiram Bruce Wayne e como ele reage a isso. Acaba empolgando bastante esse contraste entre os dois personagens. Mas aí, o filme vai desenrolando e o bagulho começa a ficar doido.

Por algum motivo que ainda não entendi, a Lois Lane é um personagem importante pro desenvolvimento do filme e isso a faz ter muito tempo de tela. Mas a questão é que ela é um personagem muito desinteressante, chato e irritante em certos momentos. Por que, ó Visionário Zack Snyder, você tem os dois maiores heróis do mundo e fica mostrando Lois Lane em seus dramas pessoais?

Você vai ver um monte desse Diário de uma Paixão.

Você vai ver um monte desse Diário de uma Paixão.

Daí o filme continua e os erros também. A motivação principal do Batman é que ele vê o kryptoniano como uma ameaça a Terra, o que faz muito sentido, vide o que ele faz com Metrópoles e seus amados cidadões cidadãos de bem no filme anterior. Maaaaaaaaas, no decorrer desse, você percebe que o morcega também não tem muito respeito pela vida humana, e sua lei de não matar as pessoas não é facilmente descartável. Não é questão dele desrespeitar os fundamentos dos personagens. Ele discorda do próprio roteiro do filme!

O Lex Luthor foi um grande motivo de reclamação do público quando saíram os trailers. A questão é que esse é o filho do Lex Luthor. E ele tá igualzinho aos trailers. Não fique imaginando que isso é um personagem dele pra enganar os heróis. Ele é assim mesmo. Não crie esperanças.

Nesses atropelamentos de história o filme vai se seguindo até seu ápice na batalha final, onde geral se junta pra porrar o vilão. Ah, assim como o restante do roteiro, o chefão aparece no filme de uma forma muito loca, simplesmente por que o roteirista quis e se foda.

Doomsday.jpg

Doomsday.jpg

 

Enfim, o filme tem boas cenas de luta. Você se anima no embate dos dois grandes heróis. Mas o filme não tem quinze minutos, tem duas horas e meia, e aí o Snyder se perde na direção, não decide o rumo que o filme vai ter e constrói personagens incoerentes com o roteiro. Só espero que esse seja o fim do envolvimento dele com o universo DC no cinema. Vale a pena pagar pra ver ? Num dia que estiver barato, sim.

Vou parar por aqui pra não dar mais Spoilers. E não espere até o fim dos créditos, não tem cena.

7/10 quase 6.

 

Compartilhe ...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on Google+Email this to someone
  • Bruna Cubbins

    Oi? Esse filme chegou muito mais perto das histórias dos personagens do que muitos outros filmes por aí. Todos que curtem comics como eu (ou até mais do que eu) que eu conheço adoraram. A sensação foi que o filme passou rápido, na verdade eu desejei que o filme tivesse muito mais do que 2 horas e meia. E meu caro, se acha ruim ver o Batman desse jeito, obviamente é você quem não sabe o caminho para BvS, sendo que o mesmo pega muita referência de Frank Miller e seu Batman mais sombrio. Mais uma crítica sem pé e nem cabeça que vejo, lamentável.

    • Gabriel de Santana Lacerda

      Bruna, obrigado por comentar!

      Eu discordo de você, pois acho que o roteiro falha diversas vezes. somos apresentados no começo do filme as consequencias da ação do Superman e como ele não liga em pessoas morrerem se ele resolver o problema no final. E é bem claro que o Batman não concorda com isso.

      SPOILER

      Mas ele faz a mesma coisa quando tenta roubar a pedra do Luthor Jr. Ele mata uma penca de bandidos e pode ter matado vários inocentes pelo caminho que ele fez destruindo a cidade. Isso não vai só contra o personagem, não faz sentido com o próprio roteiro estabelecido.

      SEM SPOILER

      Isso não tem nada a ver com Frank Miller. Em Batman: Ano Um é muito bem estabelecida a preocupação que o personagem tem com a vida, mesmo ela sendo de bandidos. E em Cavaleiro das Trevas, ele deixa de matar o Coringa que já tinha passado a lambida numa galera, pq faz parte dele não atravessar essa linha!

      Enfim, creio sim que o filme tem vários erros mas não creio que seja um filme ruim, apenas decepcionante.

      Tudo minha opinião de merda. Fique em Paz!

      • Bruna Cubbins

        Antes de ler, quero que saiba uma coisa: Eu não comentei para arranjar problemas, assim como você discordou, eu discordei. E irei dizer em alguma hora nessa minha resposta o porquê disse ter sido lamentável. Enfim, parte por parte, vamos lá!

        Você comentou de tal forma como se eu não conhecesse absolutamente nada das histórias, principalmente a que citei, que seria Cavaleiro das Trevas, o que me fez sentir estúpida mesmo sem razão. Jamais citaria aqui algo que eu não conhecesse ao menos um pouco para poder ter argumento.
        O que eu quis dizer é que diferente de outros filmes (tentarei não dar muitos detalhes para evitar spoilers, mas caso eu não consiga, peço desculpas desde já), vi muitas referências das histórias. O filme mostra o conflito entre os personagens, abordagens diferentes de ambos para lidar com determinadas situações e um desfecho desse conflito que possibilite o entendimento entre Batman e Superman, assim como vi e li em DK – entenda que em momento algum eu disse que o filme foi IGUAL até porque houveram situações diferentes no filme live action, eu disse que usou como referência e eu fiquei feliz em ver isso… Ou seja, lembra, tem influência, mas não é igual. O lado sombrio que falei é de um Batman mais velho, um tanto amargurado, cansado de muitas coisas que vê e que parte para a briga em prol daquilo que quer realizar e vai até o fim se for necessário. No filme live action vimos um Batman que se preparou para enfrentar Superman assim como temos em DK (porém nessa magnífica história de FM temos um tempo bem maior de desenvolvimento que se fosse feito no filme live action, complicaria os propósitos de formar a trinity).
        O Batman nunca foi certinho, apesar do seu propósito ser sempre buscar o melhor para a sociedade/Gotham, ele tem seus métodos que não são considerados corretos por lei por isso tanta relutância da polícia em considerá-lo como bom, em DK mesmo vemos quando Gordon deixa seu cargo e a pessoa que o substitui mostra que Batman será visto como um fora da lei. E se achou exagerado essa pegada do Batman, tudo bem, não irei dizer que sua opinião foi uma merda – coisa que nem fiz e de forma irônica colocou no final de sua resposta – você tem o direito de achar, tem seus argumentos e RESPEITO. Mas cadê a parte em que cita o relacionamento de parceria em Batman e Alfred que em outros filmes o mesmo não passa de um mordomo ou alguém preocupado que vive tentando barrar as missões? Cadê citando Batman preocupado mas que quando ele se aproximou e se tocou que o Superman também tinha preocupações humanas como a dele, ele mudou de posicionamento? Cadê citando que ele usa os recursos que o personagem tanto utiliza em suas missões? Cadê falando do lado detetive que é super importante? Eu não critiquei seu artigo por não ter gostado tanto, eu critiquei por ter exposto com tanta ênfase os lados que achou ruim de um filme que você deu a nota “7/10 quase 6″, porque quem lê sua crítica, tem a sensação de que você vai dar uma nota zero ou próximo disso. Você exaltou o lado “carnificina” que nem citou os outros pontos que apareceu e que é parte de muitas coisas que já vimos. Faz sentido dar essa nota a um filme que você diz valer a pena ir só quando estiver barato? Se fosse uma nota 5… Ok, porque estaria no meio termo. Mas enfim, sua nota é sua nota. Só relatei mesmo porque eu cheguei aqui, li sua crítica e depois não entendi o porquê de um 7 se o filme trouxe personagens incoerentes de acordo com o que disse.

        Eu consegui ver um Superman bom sim. Eu não vi aquela destruição como culpa dele. Vi ali como se o Superman ainda estivesse tentando se entender, entender o papel dele e como desempenhá-lo e até senti pena quando ele sofreu nas nãos de Lex e você via que ele não queria aquilo. Enfim, quem causou caos naquela confusão toda em Man of Steel (que trouxeram para BvS) foram terceiros. Agora se você não vê as coisas nessa lógica, então realmente irá vê-lo como algo ruim. Mesmo assim o filme mostra que sendo o Superman ou não, alguns irão achar errado toda a destruição e irão querer sua punição. Talvez se eles não tivessem colocado a história “A Morte do Superman” no filme, ele tivesse recebido alguma punição ou restrição da lei/sociedade.

        O Lex eu concordei, ficou estranho esse jeito engraçadinho. Não odiei, mas ainda não me acostumei com a ideia, quem sabe depois.

        O filme tem erros? Claro que tem. Quando se trata de um filme que irá representar uma história que vem de livros, comics ou qualquer outra plataforma, o cinema tem grandes falhas, mas que surgem por diversos fatores de produção e/ou orçamento. Eu não fui para o cinema esperando algo perfeito e gostei do que eu vi. E como havia dito, queria que o filme fosse mais longo, porque talvez tivesse dado para desenvolver melhor certas coisas que vejo você e outras pessoas achando ruim no longa.

        Desculpa o textão. E desculpa se pareceu que fui ignorante ao responder, talvez eu não tenha me expressado bem. Na verdade a minha resposta foi mais de confusão, desabafo e decepção, porque eu gostei do filme, fiquei feliz em ver várias histórias sendo citadas ou sendo referência, fiquei feliz em ver a trinity, feliz em ver o relacionamento entre Alfred e Batman e eu realmente queria que o filme durasse mais.
        Aliás, Zack disse que Liga da Justiça não terá esse mesmo tom sombrio. O filme só mostrou um momento conturbado dos personagens, que eles sofrem, erram, mas no fim se unem em prol de algo maior.

        • Gabriel de Santana Lacerda

          “Mas cadê a parte em que cita o relacionamento de parceria em Batman e Alfred que em outros filmes o mesmo não passa de um mordomo ou alguém preocupado que vive tentando barrar as missões?” No Batman do Nolan, em diversas vezes o ALfred dá auxílio técnico remotamente ao Batman;

          “Cadê citando Batman preocupado mas que quando ele se aproximou e se tocou que o Superman também tinha preocupações humanas como a dele, ele mudou de posicionamento?” Cê diz quando ele descobre que o nome da mãe do super é igual a dele e eles viram BFF’s?

          “Cadê citando que ele usa os recursos que o personagem tanto utiliza em suas missões?” Tipo usar o jato dele pra abrir fogo em espaço aberto contra os bandidos? Ou usar o Batmóvel pra jogar e explodir bandidos? O uso dos gadgets sempre existiu no cinema, sério.

          “Cadê falando do lado detetive que é super importante?” Amor, a Lois é bem mais detetive que ele. Um filme que torna Lois Lane mais investigadora que Batman, tem algo errado.

          Sobre salvar a mãe dele, ele poderia ter salvo ela de umas 3 formas diferentes sem o Lex saber. Porra, o cara é o superman. Usa superaudição, visão raio-x. Foi só os bandidos chegarem perto da Lois no ORIENTE MÉDIO que o cara foi correndo. Agora a mãe dele que mora sozinha, ele não consegue localizar?

          Como eu falei, o problema do filme não é adaptação dos quadrinhos, não é fidelidade com os personagens. É falha de roteiro! Ele falha dentro de si mesmo. Sério, só me explique, que o Lex achou que fosse acontecer depois que o Apocalipse matasse geral? Qual era o sentido do plano dele? O personagem não tem uma motivação válida.

        • Gabriel de Santana Lacerda

          Eu queria ter gostado mais do filme, de verdade. Enfim, dá uma olhada na nossa sessão de podcast. Tem muito conteúdo bom lá.

          Obrigado!

  • Eliton Marcio Almeida

    O filme é muito bom. Achei espetacular a ideia da preocupação do Batman no que se refere ao Superman, como achei fera a mudança dele quando o vê peocupado com Martha. Ali Batman viu que não se tratava de um mero ET, mas de alguém com o mesmo sentimento que ele. Para mim, um dos mais tops que já vi.

    • Gabriel de Santana Lacerda

      Fico feliz que tenha gostado. Só que eu achei vários erros no filme que me incomodaram. Eu queria ter gostado mas. Vamos esperar pra ver as mudanças após a recepção desse filme.

  • Ge Lima

    Eu gostei do filme conheço bem as histórias do Batman e entendi essa situação de ele tá matando bandidos
    Obs: o segundo melhor filme de herói que eu já vi (Watchmen é o primeiro): vcs que não entendem o Zack Snyder