Todos os posts de Wagner Japão

  • Mais do mesmo.

    Em 2009, o estreante Neill Blomkamp, tomou o mundo de assalto com seu Distrito 9, um filme que funcionava perfeitamente no contexto da crise  financeira...

  • Homenagem subliminar.

    Quando vi o trailer de Cine Holliúdy pensei: finalmente uma comédia bacana, sem o sofrível “padrão globo de qualidade”, sem Fábio Porchat ou qualquer outro...

  • Medo à moda antiga.

    O cinema de terror passa por um período de entressafra, um monte de filmes que distribuem alguns sustos de forma gratuita e safada. Aquele maldito...

  • Profundo e profano.

    A revolução sexual feminina dos anos 70 teve uma porta voz, seu nome era Linda Susan Boreman, que provavelmente não carregaria essa bandeira se não...

  • Beleza americana.

    A família americana é novamente tema do cinema. Assim como seu modo de vida egocêntrico e fingido, embalados pelo conformismo, conservadorismo e religiosidade. Tudo o...

  • Inimigo Íntimo.

     Já faz um tempo que as animações deixaram de ser produto exclusivo do público infantil, e desde que elas passaram a ser computadorizadas se tornaram...

  • A outra história americana.

    Não é de hoje que a sociedade americana tem seus costumes, posturas e cultura dissecada pelo cinema do próprio país.  Filmes como Assassinos por Natureza,...

  • flores partidas.

     Bruno Barreto já viveu dias de glória como diretor de cinema. Dona Flor e seus dois maridos foi, até a chegada de Tropa de Elite...

  • Veludo azul.

      Veludo azul.   Uma cilada para Roger Rabbit popularizou a mistura de personagens reais e outros feitos em computador, assim interação entre personagens animados...

  • Duro de matar.

     A regra é sempre a mesma em Hollywood, qualquer filme que faça um pouco de sucesso ganha um sequência, simples assim. Pouco importa se a...